Blog Clinipampa

O PERIGO DA DOENÇA RENAL CRÔNICA PARA DIABÉTICOS E HIPERTENSOS

Notícias - 27 de Outubro de 2021

Por:
Fernanda Vianna Vacilotto Raupp


Responsáveis por filtrar o sangue, os rins também produzem hormônios como a eritropoietina, que estimula a produção de glóbulos vermelhos e a renina, que controla a pressão arterial. Eles também ativam a vitamina D e regulam o pH do sangue.
Quando os rins apresentam lesões que persistem por mais de 3 meses, chamados de doença renal crônica e temos como as principais causas o Diabetes e a Hipertensão Arterial. Ela é uma doença silenciosa, que costuma dar os primeiros sintomas já quando a perda de função renal é avançada. Sendo assim, a melhor forma de prevenção é o diagnóstico precoce que permite realizar um acompanhamento adequado e controle das doenças que provocam a deterioração da atividade dos rins .

MAS POR QUE PRECISAMOS NOS PREOCUPAR?
Porque a doença renal crônica afeta os rins levando à perda progressiva e gradual das funções até sua disfunção, ocasionando a necessidade de terapias de substituição como diálise ou transplante renal.

ALGUNS SINTOMAS DA DOENÇA RENAL CRÔNICA:
    • Assintomática nas fases iniciais
    • Cansaço
    • Falta de apetite
    • Palidez cutânea
    • Aumento da pressão arterial
    • Alteração dos hábitos urinários
    • Inchaços nas pernas e pés

QUANDO DEVO INVESTIGAR SE TENHO DOENÇA RENAL CRÔNICA NOS PACIENTE COM DIABETES E HIPERTENSÃO?
Para os pacientes com Diabetes Mellitus tipo 1, o início da avaliação renal é recomendado a partir do  quinto ano de doença. Já para os pacientes que tiveram diagnóstico de Diabetes tipo II e hipertensão arterial, a investigação da doença renal deve ser logo realizada. Após, o acompanhamento é, pelo menos, a cada 12 meses.

QUAIS EXAMES INDICAM QUE POSSO TER DOENÇA RENAL CRÔNICA?
Os exames para rastreio inicial são a dosagem de creatinina no sangue, um marcador da função renal, o exame qualitativo de urina, a pesquisa de proteína na urina e a ecografia dos rins e vias urinárias. .

Tendo qualquer sintoma ou dúvida sobre a sua saúde renal procure um médico ou especialista para uma avaliação clínica.

Galeria de Imagens


Outros posts recentes